Autor admin

poradmin

Vidro na casa toda: saiba escolher o tipo correto para cada uso

Graças aos avanços tecnológicos, ele não para de mostrar sua versatilidade e eficiência em fachadas, paredes e pisos.

* Preços sugeridos pelos fabricantes e beneficiadores pesquisados em novembro de 2010 em São Paulo.

A nova geração de vidros de controle solar é a grande aposta dos fabricantes do setor para movimentar ainda mais um mercado que cresceu significativamente em 2010, embalado pelo boom da construção civil no país. Os dados da Associação Brasileira de Distribuidores e Processadores de Vidro Plano (Abravidro) confirmam as boas-novas, já que a expectativa de crescimento para 2010 é de 10 a 12%. Mas o bom momento não se deve somente às grandes construções. A área envidraçada nas fachadas e coberturas das casas está cada vez maior.

Nossas pesquisas mostram que o uso do vidro em residências cresceu 30% nos últimos dois anos, fala Carlos Henrique Mattar, gerente de mercado da Cebrace. Um aumento plenamente justificado pelos modelos de controle solar seletivos, que além de transparentes estão mais adaptados às nossas condições climáticas. Como podem ser combinados para obter diferentes índices de transmissão de luz e calor, eles contribuem para a eficiência energética das construções, diz o arquiteto paulistano Paulo Duarte, especialista em envoltórios de edifícios.

Pode-se dizer que os vidros espelhados foram a primeira geração de modelos com controle solar, pois eles barravam o calor, só que também impediam a passagem da luz, representando um gasto maior com energia elétrica, diz Paulo Duarte. Além disso, a aparência dos espelhados ficou muito associada a edifícios corporativos, o que não é atraente para o mercado residencial.

Em casa, as pessoas querem visibilidade e integração com a paisagem, fala Lucien Belmonte, superintendente da Associação Técnica Brasileira das Indústrias Automáticas de Vidro (Abividro). Por isso, a preferência hoje pelos modelos transparentes, que permitem criações de estética ousada e visibilidade total, caso do Espaço X3, criado pelo arquiteto paulista Fernando Brandão para a mostra Casa Cor Trio.

O espaço do meu projeto, na arquibancada do Jockey Club de São Paulo, era voltado para a pista de corridas e uma bonita vista da cidade. Por isso, a transparência ali era essencial. Desenhei então um escritório que combina estrutura de aço e fechamento com vidros do tipo seletivo, já que o sol da manhã incide diretamente no local, conta Fernando.

Guia de decoração para janelas

Tipos de vidro

Monolítico: vidro comum, usado em caixilhos de alumínio.

Temperado: um choque térmico na fabricação o torna cinco vezes mais resistente que o comum. Se quebrar, produz pedaços pequenos e não cortantes.

Laminado: sanduíche de duas ou mais placas de vidro, que leva no miolo uma película de segurança (PVB, EVA ou resina). Se romper, a película retém os pedacinhos.

Aramado: vem com uma malha de aço no meio da massa. É um vidro de segurança (a malha de aço retém os cacos), e também tem função de isolante termoacústico.

Duplo, ou insulado: conjunto de duas folhas separadas por uma camada de ar, que isola ruídos e proporciona conforto térmico.

Refletivo, ou espelhado: reflete a luz e não absorve tanto calor.

Controle solar seletivo: transparente, recebe diferentes camadas de produtos químicos para determinar a quantidade de luz e calor que passará pelas chapas.

Serigrafado: colorido, é impregnado de tinta no forno de têmpera.

Jateado: jatos de areia ou pós abrasivos fazem desenhos opacos na superfície.

Impresso: apresenta relevos e texturas na superfície, feitos no processo de fabricação.

Acidado: submetido a solução ácida, torna-se opaco.

Curvo: moldado a quente em fôrmas a partir de 3 mm de espessura, é feito sob encomenda.

Blindado: as camadas plásticas existentes entre as várias lâminas de vidro amortecem o impacto e oferecem resistência.

Autolimpante: possui uma camada metalizada que tem como principal componente o óxido de titânio. Os raios ultravioleta ativam as propriedades autolimpantes do vidro, não deixando a sujeira fixar na superfície da chapa.

Antirreflexo: passa por um processo que tira o brilho de sua superfície, tornando-se antirreflexo, sem alterar a sua capacidade de transmissão da luz.

Especificações de usos

Uma das grandes vantagens do vidro é sua versatilidade. Além da aplicação mais comum, em esquadrias, ele serve até como estrutura?, diz o presidente da Abravidro, Wilson Farhat Júnior. Mas, para uma utilização correta e segura, é necessário seguir as especificações da norma 7199 da ABNT, fala a engenheira civil Danila Ferrari, do departamento de engenharia da Fanavid. Guarda-corpos e coberturas, por exemplo, pedem vidros laminados, que são compostos de duas ou mais chapas do material unidas por filmes de segurança. ?

Outras condições do local, como ventos e diferenças de temperatura, também inf luenciam. Por isso, somente um projeto detalhado pode determinar a espessura e o jeito correto de fixar os vidros, completa Danila. Sacadas e varandas ainda não têm uma norma publicada, mas de qualquer modo devem ser fechadas por algum vidro de segurança, seja laminado ou temperado. Este último tem resistência cinco vezes maior que o vidro comum. Placas temperadas e laminadas são a combinação recomendada para degraus de escada e pisos, que têm espessura e tamanho indicados pela carga, uso e fatores ambientais.

 

poradmin

A origem do Natal e seus aspectos históricos

Conheça a verdadeira história do Natal, como surgiu essa comemoração tão tradicional e importante nos dias de hoje, os aspectos históricos.

Natal, o que se comemora nesta data tão especial, seu simbolismo. A origem do natal deve ser compreendida para vivenciarmos essa festa em toda sua plenitude. O Natal é a solenidade cristã que celebra o nascimento de Jesus Cristo. A data para sua celebração é o dia 25 de Dezembro, pela Igreja Católica Romana e, o dia 7 de Janeiro, pela Igreja Ortodoxa. Conheça um pouco mais sobre a história do natal. Onde surgiu o natal? Leia o texto abaixo e entenda um pouco mais sobre a tradição natalina.

Após a celebração anual da Páscoa, a comemoração mais venerável para a Igreja é o Natal do Senhor e suas primeiras manifestações. Ainda sendo uma festa cristã, é encarado universalmente por pessoas dos diversos credos como o dia consagrado à reunião da família, à paz, à fraternidade e à solidariedade entre os homens.

Para entendermos a história do natal temos que buscar a origem da palavra natal. Nas línguas latinas o vocábulo Natal deriva de Natividade, ou seja, referente ao nascimento de Jesus. Em inglês o termo utilizado é Christmas, literalmente “Missa de Cristo”. Já na língua alemã, é Weihnachten e têm o significado de ‘Noite Bendita’.

No ano 245 d.C., o teólogo Orígenes repudiava a idéia de se festejar o nascimento de Jesus “como se fosse um Faraó”. Há inúmeros testemunhos de como os primeiros cristãos valorizavam cada momento da vida de Jesus Cristo, especialmente sua Paixão e Morte na Cruz. No entanto, não era costume na época comemorar o aniversário e portanto não sabiam que dia havia nascido o seu Senhor. Os primeiros testemunhos indicam datas muito variadas, e o primeiro testemunho direto que afirma que Jesus Cristo nasceu no dia 25 de Dezembro é de Sexto Júlio Africano, no ano 221.

De acordo com o almanaque romano, a festa já era celebrada em Roma no ano 336 d.C. Na parte Oriental do Império Romano, comemorava-se em 7 de janeiro o seu nascimento, ocasião do seu batismo, em virtude da não-aceitação do Calendário Gregoriano. No século IV, as igrejas ocidentais passaram a adotar o dia 25 de dezembro para o Natal e o dia 6 de janeiro para Epifania (que significa “manifestação”). Nesse dia comemora-se a visita dos Magos.

A celebração do Natal de Jesus foi instituída oficialmente pelo Papa Libério, no ano 354 d.C.Segundo estudos, a data de 25 de dezembro não é a data real do nascimento de Jesus. A Igreja entendeu que devia cristianizar as festividades pagãs que os vários povos celebravam por altura do solstício de Inverno.

Assim, em vez de proibir as festividades pagãs, forneceu-lhes simbolismos cristãos e uma nova linguagem cristã. As alusões dos padres da igreja ao simbolismo de Cristo como “o sol de justiça” (Malaquias 4:2) e a “luz do mundo” (João 8:12) expressam o sincretismo religioso.

As evidências confirmam que, num esforço de converter pagãos, os líderes religiosos adotaram a festa que era celebrada pelos romanos, o “nascimento do deus sol invencível” (Natalis Invistis Solis), e tentaram fazê-la parecer “cristã”. Para certas correntes místicas como o Gnosticismo, a data é perfeitamente adequada para simbolizar o Natal, por considerarem que o sol é a morada do Cristo Cósmico. Segundo esse princípio, em tese, o Natal do hemisfério sul deveria ser celebrado em junho.

Há muito tempo se sabe que o Natal tem raízes pagãs. Por causa de sua origem não-bíblica, no século 17 essa festividade foi proibida na Inglaterra e em algumas colônias americanas. Quem ficasse em casa e não fosse trabalhar no dia de Natal era multado. Mas os velhos costumes logo voltaram, e alguns novos foram acrescentados. O Natal voltou a ser um grande feriado religioso, e ainda é em muitos países. Fonte de pesquisa: Wikipédia, a enciclopédia livre – Natal

Portanto, segundo certos eruditos, o dia 25 de dezembro foi adotado para que a data coincidisse com a festividade romana dedicada ao “nascimento do deus sol invencível”, que comemorava o solstício do Inverno. No mundo romano, a Saturnália, festividade em honra ao deus Saturno, era comemorada de 17 a 22 de dezembro; era um período de alegria e troca de presentes. O dia 25 de dezembro era tido também como o do nascimento do misterioso deus persa Mitra, o Sol da Virtude.

Fonte: esoterikha
poradmin

5 razões para instalar uma película de proteção solar na sua casa

Além de filtrar os raios prejudiciais em até 99%, as películas permitem a entrada da luz e trazem muitos outros benefícios quando utilizadas em casas, escritórios e até mesmo automóveis.As janelas têm um papel primordial na composição de um ambiente agradável em qualquer casa. Elas são fonte de ventilação, entrada de luz solar e servem como moldura para as belas paisagens do mundo lá fora.

Mas você sabia que as janelas podem trazer ainda mais conforto e vantagens para seu lar?

Utilizando películas de proteção solar, filmes ultrafinos instalados na parte interna dos vidros, é possível impedir a entrada do calor e dos raios ultravioletas que podem causar danos a sua saúde e à estrutura da casa.

Apesar de filtrar os raios prejudiciais em até 99%, as películas permitem a entrada da luz e trazem muitos outros benefícios quando utilizadas em casas, escritórios e até mesmo automóveis.

Confira 5 razões para instalar uma película de proteção solar na sua casa:

** Saúde
Apesar de muitas pessoas utilizarem películas de proteção solar por motivos estéticos, um de seus principais benefícios é relacionado à saúde. Já sabemos que a radiação ultravioleta em excesso pode causar diversos males aos seres vivos. Tendo em vista que esses raios não são totalmente filtrados pelos vidros, você não está protegido nem mesmo quando está dentro de casa.

Desta forma, ao instalar uma película, você previne queimaduras solares e reduz a exposição a raios nocivos que podem envelhecer a pele, aumentar o risco de câncer e causar deficiências no sistema imunológico.

As pessoas que possuem distúrbios de sensibilidade excessiva à luz também se beneficiam muito da utilização do filme, pois ele garante maior proteção nos espaços internos da casa.

**Economia
Utilizando a película protetora, você ainda poderá economizar energia elétrica durante os períodos mais quentes ou frios do ano.

Em dias de alta temperatura, o produto funciona como um escudo térmico, evitando a entrada do calor solar. Desta forma, o ambiente interno da casa fica mais fresco e agradável, evitando a necessidade do uso excessivo de ar-condicionado e ventiladores e, consequentemente, reduzindo o valor da conta de luz.

Já nos dias mais gelados, a película muda de função, refletindo de volta o calor existente na parte interior da casa, o que também pode contribuir para diminuir os gastos com aquecimento.

Lembre-se que, ao reduzir o consumo de energia, você também está contribuindo para a preservação do meio ambiente. Tendo em vista que nossas fontes de energia ainda não são totalmente renováveis, a economia é a única opção disponível para conservar nossos recursos naturais.

**Segurança e privacidade
Se você não abre mão da segurança e privacidade em seu lar, as películas de proteção solar podem ser muito úteis.

Ao instalar o produto, você escolhe a cor, o tom e o grau de rejeição solar mais adequado para atender às suas necessidades. Desta forma, alguns modelos oferecem grande privacidade durante o dia, impedindo a visão pelo lado de fora, enquanto outros tipos são praticamente invisíveis.

Outra forma de aumentar a segurança de sua casa é instalando películas mais grossas. Além de fazerem o vidro ficar mais resistente aos impactos mecânicos, o filme segura os estilhaços em caso de quebra. Isso pode evitar ferimentos em caso de acidentes.

**Conforto
Com maior controle sobre a entrada da luz solar, os moradores da casa irão se sentir mais confortáveis nos espaços internos. Ao usar televisão, computadores e celulares, por exemplo, a iluminação do ambiente estará mais adequada para visualizar as telas, mesmo em dias de luminosidade intensa.

O frescor do ambiente também irá oferecer mais comodidade, pois as temperaturas extremas podem ser bastante desagradáveis em determinadas épocas do ano. Outra vantagem é a redução do ofuscamento causado pelo vidro, diminuindo o cansaço dos olhos ao olhar pela janela.

**Conservação
O mesmo sol que ilumina e dá vida aos cômodos da sua casa também pode danificar seus móveis. Você sabia que a radiação solar pode desbotar e causar o envelhecimento precoce de objetos como sofás, cadeiras, cortinas, piso, carpete e até mesmo quadros?

Instalando uma película de proteção solar evitará essa deterioração precoce, aumentando a vida útil dos objetos e da estrutura da sua casa.

Ao economizar energia com a iluminação, aquecedores, ar-condicionados e com as contas do médico, sobra mais verba para incrementar a decoração de sua casa ou apartamento. Já que com uma película de proteção você poderá comprar móveis sem medo dos danos causados pelos raios de sol.

Fonte: Malink

poradmin

Melhore a Qualidade de Vida com vidros em casa

Melhore a Qualidade de Vida com vidros em casa

A utilização de vidros em casa proporciona harmonia tanto em espaços interiores quanto exteriores. Eles podem ser utilizados em fachadas ou em janelas e acrescentam beleza devido a luz natural que trazem para os ambientes.

Além disso, os vidros são eficazes em proporcionar uma melhoria de vida. Ao escolher uma opção que seja fabricada com qualidade e que atenda a sua necessidade, o vidro irá tornar os ambientes internos muito mais confortáveis e bonitos.

theblack-public

Como os vidros melhoram a qualidade de vida?

A melhoria da qualidade de vida acontece devido as características e vantagens que eles possuem. Vale ressaltar que existem diversas opções de vidros disponíveis no mercado, portanto é necessário escolher o que melhor atenda a sua necessidade.

No que diz respeito à contribuição para a melhoria de vida, estamos falando dos vidros que são capazes de bloquear os ruídos e as temperaturas externas. Eles possuem uma espessura maior ou mais de uma lâmina de vidro em sua composição, como por exemplo, o vidro multilaminado.

Esse tipo é composto por lâminas de vidro float ou temperado, que podem conter diferentes espessuras. O multilaminado consegue reduzir a entrada de ruídos externos no ambiente e ainda proporciona a vedação das temperaturas.

Durante o inverno, o vidro impede que as baixas temperaturas entrem em casa e reduz a perda de calor. Isso faz com que a condensação das janelas também diminua, evitando alguns riscos para a saúde, como bolor e mofo.

Já no verão, ele impede que as altas temperaturas entrem e mantém a temperatura agradável dentro dos ambientes, fazendo com que o uso do ar-condicionado seja reduzido.

Além disso, o vidro ainda diminui a quantidade de ruídos externos, que podem provocar diversos problemas para a saúde, como: dores de cabeça, insônia, cansaço, estresse, etc.

De que forma utilizar os vidros em casa?

O vidro pode ser utilizado de diferentes formas nas construções, porém, ele se destaca quando é utilizado em janelas e sacadas. Mas estes itens da sua casa possuem os vidros ideais? Os tipos utilizados tornam os ambientes internos mais confortáveis?

Se estiver construindo ou reformando e quer ambientes agradáveis e tranquilos, então você precisa procurar por opções de um fabricante que ofereça vidros de alta qualidade para a sua construção.

Fonte: Vitron

poradmin

FACHADAS DE CASAS COM VIDRO: INCOLOR, VERDE, AZUL, FUMÊ, ESPELHADO!

FACHADAS DE CASAS COM VIDRO: INCOLOR, VERDE, AZUL, FUMÊ, ESPELHADO!

Tendência da arquitetura contemporânea, o vidro vem sendo cada vez mais usado em fachadas de casas e muros.
E apesar da recente novidade, possui uma aceitação tão grande que hoje em dia é possível vê-lo facilmente em projetos de casas mais modernas e reformas.
Ele permite a interação e integração dos ambientes internos e externos. E, ao contrário do que muitos pensam é muito seguro, pois proporciona a visibilidade, o que inibe a ação de maus elementos.
Seu uso vem substituindo as tradicionais janelas (venezianas) e vitrôs, portas e até paredes e muros!
Além de conferir um visual estético mais bonito, leve, moderno e sofisticado, o vidro é mais barato do que uma parede de alvenaria, já que não utiliza tantos produtos (tijolo, argamassa, massa corrida, tinta, pedreiro, pintor…).
E a mão de obra é mais rápida, pois é feito com panos (placas) de vidro grande e de fácil instalação.
Sem falar posteriormente na manutenção e na limpeza que são simples.
Atualmente, devido à grande demanda, o mercado disponibiliza vidros de várias cores (verde, azul, espelhado…) e com vários recursos como bloqueio solar e vedação de som (saiba mais aqui).
E diante de tantas opções fica até difícil decidir qual vidro escolher!
O vidro com proteção solar é indicado para locais com muita incidência de raios solares, o que controla a entrada de calor e garante conforto térmico nos ambientes internos.
Os vidros coloridos podem ser encontrados tanto em vidros comuns quanto com controle solar. As cores mais usadas em ordem de preferência são: transparente, verde, azul e fumê.
No entanto, é uma questão relativa, já que depende de muitos fatores, dentre os principais gosto e estilo do projeto.
Os vidros refletivos ou como são popularmente conhecidos: vidros espelhados impedem a visão de quem está do lado de fora, adicionam brilho a fachada e podem ser encontrados em diversas cores.

Veja agora fachadas de casas com vidro transparente, verde, azul, fumê e espelhado na sequência!

poradmin

Confira dez dicas para usar espelhos na decoração

O espelho é um dos poucos acessórios unânimes da arquitetura: combina com todos os estilos de ambientes e cai bem em cômodos de todos os tamanhos. Cores e texturas também não são um problema.

Para ganhar destaque, o segredo está na moldura e na dimensão. Quanto maior a peça, melhor – especialmente quando a intenção é aumentar o ambiente. Veja dez dicas para usar esse elemento na decoração da sua casa:

 Guia de decoração para janelas

1- Integre o estilo da moldura ao do cômodo. Espelhos são um ótimo artifício para decorar porque são o tipo de peça que se adapta perfeitamente ao ambiente, independentemente da cor ou do estilo.

2- Use para aumentar o espaço. Colocar um espelho que ocupe a parede toda é uma tática eficaz para dar ideia de amplitude.

3- Coloque espelhos nas portas dos armários. Ótima solução para quem não tem espaço. O acessório não precisa ficar na porta de dentro, pode ser colocado na porta de fora também. “Mas é preciso ter cuidado com a instalação para que a peça não se solte”, explica a arquiteta Natasha Villaça, da MVP Arquitetura/ FK Arquitetura.

4- Use em móveis como variação do vidro. Mas cuidado para o visual não ficar exagerado: é só não carregar muito nas cores e texturas do resto da decoração.

5- Use vários fragmentos em vez de uma peça única. “O espelho pode ser cortado em diferentes tamanhos, na vertical ou na horizontal. É mais para propósito decorativo, dá uma ideia de movimento”, diz a arquiteta Luciana Corrêa, do escritório DecorArquitetura.

6- Combine peças diferentes. Você pode colocar um painel ocupando uma das paredes e instalar uma peça menor, com uma moldura elaborada.

7- Espelho dentro de espelho também vale. Seja em duas peças sobrepostas ou em uma peça trabalhada. “Quando não há moldura de madeira, é possível desenhar uma moldura no espelho com recortes e relevos. Não fica pesado”, afirma Natasha.

8- Espelhos no hall de entrada. Esse recurso ajuda a dar vida a um canto sem graça como o hall de entrada. Não toma muito espaço e é providencial para um retoque final antes de sair de casa.

9- Invista em um espelho no corredor. O acessório substitui um quadro e dá noção de profundidade.

10- Dê um up no espelho do banheiro. No banheiro, ele é item básico – mas seu estilo não precisa ser básico. Pode-se caprichar na moldura ou num detalhe bisotê , uma espécie de borda em baixo relevo. E quem não gosta das luzes “de camarim” em volta da peça pode optar por um arranjo mais romântico.

poradmin

Insulfilm Residencial em SP Preço

Insulfilm Residencial em SP Preço

O insufilm para aqueles que ainda não conhecem e um acessório muito usado principalmente em automóveis que visam deixar os vidros do veículo mais escuros o que acaba de certa forma evitando o sol em excesso. O insufilm atualmente está se tornando uma alternativa muito eficaz para muitas pessoas que querem evitar o exagero do sol não apenas em seu automóvel mais ainda em estabelecimento e residências. Confira as informações sobre o Insulfilm Residencial Preço.

 

Insulfilm Residencial Preço

Por ser fácil e pratico o insufilm por der colocado em qualquer tipo de vidro facilmente e esse processo de colagem pode ser feito por qualquer pessoa que saiba os procedimentos básicos para a inserção do material, caso ainda não o conheça é importante saber que ele é como um adesivo e para ter um resultado satisfatório deve ser colocado de forma correta.

 

A aplicação do Insulfilm é a garantia de segurança, conforto e privacidade para o local onde ele será instalado, por esse motivo se está em busca de mais privacidade em sua residência ou até mesmo conforto porque não apostar na aplicação do mesmo? Um filtro solar permanente vendo sendo a aposta de diversas empresas, está sendo usado como uma cortina de fundo.

Visando atender as mais variadas necessidades hoje em dia, são vários insulfilmes disponíveis no mercado inclusive insulfulm coloridos que estão disponíveis para os consumidores e vem ganhando espaço entre os mesmos. Para aqueles que estão interessados em obter informações como preços e onde comprar Insulfilm, então, saiba que o Mundo das Tribos pode lhe ajudar nessa busca, logo abaixo selecionamos essas e outras informações importantes sobre o assunto, inclusive algumas fotos da aplicação do produto que visam te ajudar caso vá realizar esse procedimento, confira:

cropped-bannerlagoa

Em relação ao preço de insulfilm para residência é válido ressaltar que os valores variam e muito de acordo com o tamanho desejado, a quantidade e ainda a loja onde será efetuada a compra, por esse motivo pensando em evitar arrependimentos futuros e fazer economia é recomendado que faça uma busca, assim você poderá efetuar uma ótima compra.

Para aqueles que estão interessados em comprar este produto é bom saber que não irá se arrepender por que ele transforma qualquer vidro comum em forte laminado, evitando até ferimentos em caso de quebra, por esse motivo é importante adquirir um insulfilm bom . Caso ainda não saiba onde comprar insulfilm podemos te ajudar, já que opções é o que não falta. Próximo a sua residência você pode encontrar lojas especializadas na aplicação de insulfilm, procure se informar sobre os preços e até mesmo as formas de pagamento disponíveis.

Onde Comprar Insufilm

Se preferir você mesmo realizar a aplicação há algumas lojas que vendem insulfilm, logo abaixo iremos disponibilizar alguns sites presentes no mercado e também o Mercado Livre que é uma grande loja online muito conhecida na rede por oferecer os mais variados produtos com ótimos preços e formas de pagamento facilitadas. Os preços variam em torno de R$35,00 o metro quadrado. Para conferir basta acessar o site através do seguinte endereço: http://theblackfilm.com.br/

poradmin

Como aplicar insulfilm nas janelas de casa

Como aplicar insulfilm nas janelas de casa

Para você que deseja dispor de mais privacidade, porém sem abrir mão do conforto de poder deixar a luz solar natural entrar em sua casa, veja como é fácil aplicar películas de insulfilm em suas janelas:

A privacidade é fundamental para as pessoas, principalmente para quem mora em um condomínio. Neste contexto, para quem deseja manter as janelas de sua casa abertas durante o dia, a fim de permitir a entrada da luz solar e uma iluminação natural no ambiente, porém sem abrir mão do conforto, vale a pena investir no revestimento insulfilm doméstico, que assegura a sua tranquilidade e também a economia de energia elétrica.

Por isso, para você que deseja se tornar adepto dessa tecnologia, vale a pena ficar por dentro desta matéria sobre como aplicar insulfilm nas janelas de casa. Saiba mais:

Como aplicar o insulfilm nas janelas de casa
Para aplicar o insulfilm nas janelas de casa, o procedimento é muito fácil.
Você precisará de materiais caseiros e de fácil acesso. Veja quais são:

  • Película de insulfilm da cor de sua preferência
  • Espátula plástica
  • Tesoura afiada
  • Solução de detergente e água
  • Esponja
  • Régua
  • Um pano limpo, que não solte fiapos
  • Rodinho de pia

Como fazer: Primeiramente, é muito importante que você limpe bem o seu vidro e livre-se de toda gordura acumulada antes da aplicação. Para isto, borrife a solução de água com detergente na janela e com o lado macio de uma esponja para lavar louças, efetue a limpeza. Faça isso por duas vezes consecutivas e na terceira, não retire a solução de água com sabão do vidro, pois ela servirá como aderente fixador à película de insulfilm.

Limpe bem os vidros antes de aplicar o seu insulfilm
Feito, faça medidas com a régua e corte a película exatamente do tamanho da janela. Depois disso, retire o plástico protetor e fixe o insulfilm no local desejado.

Acabamentos finais para a aplicação de insulfilm
Para ter um bom acabamento na aplicação do insulfilm em sua janela, utilize a espátula e o rodinho de pia. O procedimento é igual à aplicação de papel contact, porém, estourar as bolhas e deixar o papel com rugas revela uma má aplicação, de modo que para que o procedimento fique perfeito, é necessário colar com mais calma e usando os dois recursos anteriormente citados como aliados.

O bom acabamento é primordial para um insulfilm perfeito
Por fim, passe o pano para tirar o excesso de água e usufrua de janelas mais escuras em sua residência. Este procedimento é muito simples – veja a seguir um vídeo de aplicação de insulfilm em uma janela de um automóvel:

poradmin

Conheça os diferentes tipos de películas de controle solar

Conheça os diferentes tipos de películas de controle solar

incidência de calor no seu escritório está muito alta e você precisa resolver o mais rápido possível esse problema. Mas você não tem ideia de por onde começar e qual a melhor solução. Será que colocar uma cortina ou persiana vai solucionar o caso? Ou é melhor instalar uma película no vidro?

É bem possível que essas dúvidas já tenham passado pela sua cabeça ao deparar-se com esse tipo de questão. Se o ambiente é formado por uma grande quantidade de vidros, certamente, a melhor forma de devolver oconforto térmico ao local é com a utilização das películas de controle solar.

As cortinas e persianas são indicadas para decorar o ambiente e provocar o efeito de sombreamento, mas não são eficientes para bloquear a entrada de raios solares. Algumas vezes, podem até causar o efeito estufa, por conta do acúmulo de calor no local.

Diferentes tecnologias para cada película

Engana-se quem pensa que as películas solares são todas iguais. Também conhecida como window film, cada tipo de película possui uma tecnologia diferente que ajuda no controle da temperatura interna do ambiente, por meio da barragem de entrada da luz solar.

A instalação pode ser feita sem alterar a fachada do empreendimento, o que é um ponto de extrema importância nos condomínios e prédios comerciais.

Conheça os principais tipos de películas de controle solar:

 
Fumê metalizada Apresenta metal na composição e exibe efeito espelhado
Prata Possui diferentes graus de transparência, é espelhada e apresenta metal na composição
Dupla face Possui espelhamento somente de um dos lados
Películas com cores Podem ser encontradas em diferentes tons e tem efeito decorativo
Nanotecnologia em multicamadas sem componente volátil Consegue a redução de calor sem usar metal (baixa refletividade), permitindo ampla transparência no ambiente e contribuindo para não agredir o meio ambiente no momento de descarte do material, já que não possui metal em sua composição

  theblack-public

Cada película tem suas particulares, indicação e custos diferentes. Por exemplo, a película com nanotecnologia geralmente é escolhida por empreendimentos com certificação ecológica já que não emite nenhum resíduo químico.

Para saber o tipo mais indicado ao seu projeto, é necessário avaliar uma série de fatores, como o objetivo e durabilidade da película, o tipo do ambiente e o orçamento. Vale lembrar também que o tipo de vidro influi bastante na escolha da película. Por isso, o mais indicado é procurar um fornecedor que possa oferecer uma visita técnica.

Fonte: topsupply

películas de controle solar, películas de controle solar, películas de controle solar, películas de controle solar