Arquivo de tag película antivandalismo ps4

poradmin

A origem e como surgiu o dia do cliente

A origem e como surgiu o dia do cliente.

O Dia do Cliente é comemorado anualmente em 15 de setembro no Brasil.

A data foi criada para homenagear os clientes e estreitar as relações entre o comércio e os consumidores, com distribuição de brindes, promoções especiais e descontos.

A data, criada originalmente no estado do Rio Grande do Sul, serve para movimentar o comércio durante o mês de setembro, considerado um período fraco para as vendas (fim do inverno).

Mensagem para o Dia do Cliente

Nosso compromisso é e sempre será com os clientes, pessoas que respeitamos e admiramos! Feliz Dia do Cliente!

Se nosso trabalho não satisfizer as necessidades do cliente, significa que fracassamos! Por isso, temos o prazer de nos empenharmos cada dia mais para garantir a sua felicidade! Feliz Dia do Cliente!

Os nossos clientes são os bens mais preciosos que temos! Feliz Dia do Cliente!

Origem do Dia do Cliente

O Dia do Cliente foi criado no estado do Rio Grande do Sul pelo empresário gaúcho José Carlos Rego, especialista em Marketing e Recursos Humanos.

Sua ideia era criar uma data diferenciada onde os clientes pudessem ser homenageados, ajudando a desenvolver uma relação de fidelidade entre os consumidores e os comerciantes.

O Dia do Cliente foi oficializado no Rio Grande do Sul em 2003, mas atualmente já foi aprovado em 14 estados brasileiros e 167 municípios.

O dia 15 de setembro foi escolhido como Dia do Cliente por ser o Dia Nacional da Defesa do Consumidor.

A origem e como surgiu o dia do cliente, A origem e como surgiu o dia do cliente, A origem e como surgiu o dia do cliente, A origem e como surgiu o dia do cliente, A origem e como surgiu o dia do cliente

poradmin

O que é película anti-vandalismo?

O que é película anti-vandalismo?

Recentemente estive participando do programa “Hoje em Dia”, exibido pela Rede Record e apresentado pela modelo Ana Hickmam, pelo jornalista Brito Junior e pelo chef Eduardo Guedes. Falamos sobre os diversos equipamentos que visam proteger veículos e motoristas da ação dos marginais.

O ponto alto do programa foi a demonstração, ao vivo, de uma novidade no mercado, as chamadas películas de segurança, que têm como função principal frustrar a impetuosidade dos marginais que subtraem pertences do interior de autos, mediante quebra dos vidros, utilizando-se de pedras, velas de veículos ou até mesmo capacetes de motos. Essa modalidade criminosa vem crescendo nos grandes centros.

Muitas mulheres já foram vítimas, perdendo bolsas, carteiras repletas de documentos e cartões magnéticos, celulares, palm tops, etc. Como agem os bandidos? Perambulando pelo trânsito engarrafado, jovens delinqüentes observam motoristas desatentos, que deixam objetos à mostra (geralmente bolsas e pastas 007), sobre o banco do passageiro ou traseiro. Utilizando-se normalmente de pedras, os criminosos quebram o vidro e praticam a subtração com muita rapidez e destreza.

O que é película anti-vandalismo?

Conheço motoristas que adquiriram síndrome do pânico após susto que levaram com a quebra repentina de um dos vidros do carro. A película de segurança é uma boa solução para se minimizar esses riscos.

Conhecida popularmente como película anti-vandalismo, tem como finalidade dificultar a quebra do vidro, pois o reforça, impedindo ainda, mesmo em um eventual rompimento do mesmo, acesso ao veículo, pois permanecerá como uma cortina super resistente. Em caso de um eventual acidente, impede o desprendimento dos pedaços de vidro, protegendo os ocupantes de danos maiores. A película de segurança é composta por camadas de filmes de poliéster, com espessuras variando entre 4 e 15 milésimos de polegada. Bloqueia 99% dos nocivos raios ultravioleta e rejeita até 79% do calor do sol, reduzindo assim gastos com ar condicionado.

Pode ainda ser usada na fachada de lojas, com o intuito de evitar o chamado “arrastão noturno”, onde marginais quebram as vidraças do estabelecimento que não possui gradil e em poucos segundos promovem a subtração de mercadorias, mesmo com o soar da sirene do alarme.

O que é película anti-vandalismo?

Doutor Jorge Lordello

 O que é película anti-vandalismo?,  O que é película anti-vandalismo?,  O que é película anti-vandalismo?,  O que é película anti-vandalismo?,  O que é película anti-vandalismo?, 

poradmin

Cresce em 50% comércio de Película Antivandalismo

Cresce em 50% comércio de Película Antivandalismo

A ação é rápida. Com um único soco, garotos estouram o vidro de um carro e ganham acesso imediato aos pertences dos seus ocupantes. Além do susto e das perdas materiais, há os potenciais ferimentos causados pelos cacos de vidro. Diante deste tipo de praga urbana, as pessoas começam a se sentir impelidas a investir um pouco mais na sua segurança.

É nesse cenário que surge uma nova estrela do comércio de assessórios automotivos: a película antivandalismo. Enquanto o famoso insulfilm ajuda na proteção contra a entrada de raios solares no veículo, a novidade tem a função de não deixar que o vidro estilhace em mil pedaços e deixe o agressor ter acesso ao veículo.

“A procura por esse tipo de produto aumentou 50% neste ano”, afirma Daniel Capeloza, diretor da Carglass, empresa líder do mercado de colocação de vidros automotivos com 60 lojas no Brasil e uma em Santo André. “O percentual é grande porque a base é pequena, mas o interesse cresce sensivelmente.

Prova disso é que uma análise da navegação no nosso site mostra que as pesquisas sobre o antivandalismo têm estado entre as cinco principais”, diz Capeloza, que lembra que a instalação do insulfilm tradicional já se tornou opção de quase todos os que compram carros atualmente, por isso, já é considerado um mercado maduro. O preço da instalação de insulfilm (original ou similar) pode variar, mas fica em torno de R$ 260.

Originária do Grande ABC, a Projeto IN é a parceria da Carglass para a instalação da película resistente a impacto. “Fazemos a importação, distribuição e instalação dos filmes de segurança. Este é o mercado que mais cresce atualmente. A média de incremento da demanda tem sido de 5% ao mês neste ano”, conta o diretor Rafael Ulba.

A película de segurança pode ser encontrada em diferentes índices de resistência a impacto. As mais caras, da marca Suntek, custa R$ 2.150 para o carro todo e só não resiste a tiro. Mas, aguenta cerca de 10 minutos de impactos seguidos com um bastão de beisebol. O problema desta versão é que sua instalação exige que os vidros sejam retirados para sua colocação, o que pode acabar com a garantia de carros novos. O segundo maior nível de dureza resiste a cinco minutos de assédio e custa R$ 1.750. O próximo da lista resiste a três minutos de ataque e custa R$ 760.

A mais básica resiste a um minuto, que pode ser tempo suficiente para um assaltante de farol desistir da ação e procurar uma vítima mais fácil e custa R$ 560 para todos os vidros. Segundo Ulba, dentre as variantes do produto, as que têm tido maior procura são justamente as mais caras, que trazem maior sensação de proteção ao usuário.

Cresce em 50% comércio de Película Antivandalismo, Cresce em 50% comércio de Película Antivandalismo, Cresce em 50% comércio de Película Antivandalismo, Cresce em 50% comércio de Película Antivandalismo, Cresce em 50% comércio de Película Antivandalismo, Cresce em 50% comércio de Película Antivandalismo, Cresce em 50% comércio de Película Antivandalismo,